Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma mulher simples

A vida como ela é.


Quinta-feira, 19.09.13

Quinta-feira, 19 de Setembro de 2013

Espera. Na multiplicidade dos dias, a espera. Não é física. É moral. Está moralmente errado, mas é assim. O que fazer? Uns beneficiam, outros perdem. E vice-versa. Mesma classe profissional. Tratamentos diferentes. Reconduções. Menos graduados sobem na hierarquia.
Mesma vida. Recuo no tempo. Não muito. O suficiente. Acontecimento estranho. Sigo intrigada. Semicírculo de jovens. Horror. Embaraço. Olhares centrados no cume da montanha da minha cabeleira. A energia. Percebo. Mensagem espiritual humana. Má fé. Reacções adversas. Saída. O choque imobilizante. Alguns espectadores em estado de choque. Revisão da cena. Uma espiral agonizante. Incredulidade. Percebo. Mesmo de fora, percebo. Questões evitadas. Mortas. Para quê? Não haverá certamente respostas. Aprendi a conviver com as armadilhas. As humanas. As espirituais humanas. Desmobilização. A incredulidade cede passo à indignação. O atrevimento! Gasto os passos emocionais do dia. Drenagem de energia. Sempre ela!
Mais um dia. Mais outro. Confusão. Assuntos. Espera. Partida da mais velha. Luta. Imposição num mundo difícil. Duas lutas. A humana e o estudo. A sorte ou o azar. Só o tempo perceberá. A alegria. O descanso psicológico. A certeza do equilíbrio. Por agora. Pelo menos.
Tempestade e bonança. Constância da vida. Luta pela superioridade. Necessidade de dominar. Impossibilidade. Frustração. Nada é importante para mim. Parece ser para outros. Difícil. Pessoa íntima. Falta de conhecimento. Uma vida inteira! Chantagem. Toda a espécie. Cansaço emocional. Incompreensão. Desgosto. Visita a memórias distantes. Memórias residuais. Passo à frente. Não se espera o impossível. Outra estratégia. Nenhuma certeza. Apenas a vontade. E só. Calma. Transformação da fragilidade em força. Ignorar. Ignorar os maus tratos verbais, psíquicos e psicológicos de uma fragilidade apenas aparente. Sensibilidades diferentes. Muita diferença. Boa vontade. A esperança. Uma certeza. O que depende apenas de mim, consigo. Se depende de outros, resta a dúvida. Ou a certeza. Não se produzirão modificações. Sem reconhecimento não há modificações. Mãe. Uma distância enorme.
Dispersão. Sentimento em prevalência. O círculo habitual apagou-se. Novo início. Desconhecimento da forma. Ignorância. Preferível. Cada momento, cada passo. A melhor filosofia. Não esperar nada. Viver. Simplesmente.
O ácido da vida corrói o metal. Os alicerces abanam. Não caem. Há uma cola incorrosível. Todos têm de a descobrir por si. Em si. Não há remédios. As soluções medem o homem. Mundo sobrepovoado mas o caminho é individual. Mesmo tendo um exército à nossa volta, estamos sozinhos. A solidão é a nossa companheira. A verdade do que se é, remove o que outros pensam. (Querem pensar.) As máscaras e a verdade. A descoberta do outro. A nossa defesa. A atenção. A arma mais perfurante. O bálsamo para feridas.
Distracções sobre a verdade. O pensamento enganoso. A desconsideração pelo próximo. A revelação. O desempenho da personagem tem limites. Nada é perfeito. A transpiração da verdade. Mérito dos dois lados. Estupidez de um lado, inteligência do outro. A confrontação com a realidade. A coragem da observação. A coragem da compreensão crua.
A agitação. As jovens pernas ansiosas. O esquecimento. As questões lançadas ao ar. A pressa. A corrida. O pedido satisfeito. A alegria de servir o próximo. E só. A viagem. A deslocação a diversos pontos das regiões. O combate. Por tudo. Por nada. O estado de alerta. A dedicação. A satisfação do dever cumprido. O amor à vida. Confusão com o amor ao próximo.
O sono enraizado no pequeno ser. O acordar adiado. Tarefa. Nenhum telefonema. Resolução do problema. O dever. A solução.
O sol arranca o seu potente motor. Os dardos brilhantes enterram-se na pele. Estende o manto de oiro na terra poeirenta e dura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por fatimanascimento às 10:51


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2013

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930



Arquivo

2013